quinta-feira, 31 de maio de 2012

Eu jurei ...

https://lh6.googleusercontent.com/-HiXcC9Wms2U/T9Z5mu01o4I/AAAAAAAANv0/CqHDM22v65c/s800/jurei.gif
Eu jurei ...
Quantas loucuras
 fiz em nome deste amor.
Quantas mentiras disseras naquelas
noites escuras com teu jeito domador.
Quantas juras fiz ao meu
 "Eu" que não ía mais jurar.
E clamava aos anjos guardiões e com
  grãos de amor tu vinhas-os dispensar.
Eu jurei a Gabriel manter-me forte
mas tão pouca foi minha sorte...
Nos teus braços fortes
eu ía me abrigar.

E eu  jurei...
Que tudo ía findar.
E aparecias como um dragão
abrindo as asas, e eu a presa...
Sempre, sempre presa fiquei!
Como escapar?
Não era amor era doença no coração.
E apelei a Rafael ter um pouco de compaixão.
  Eu jurei...Sobre as graças de Uriel mencionado
uma citação... Se eu conseguisse esquecer-te.
Transformaria juras em fatos assim
como as rosas crescem
de um botão.

E eu tornava a jurar...
E quando tu vinhas mais eu queria pecar.
Depois que tu ías as lágrimas meu rosto corriam.
Com outras tu ías deitar...
Trocamos muitas juras de amor mas
o destino nos separou!
E até hoje pergunto era isso eu queria?
Não sei se voltaria a jurar.

Marisa Torres
@Direitos reservados.


2 comentários:

  1. Oi!

    Linda poesia, só amor! Parabéns!

    Inspiração sempre! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada sempre, pelo seu carinho, beijosssssssssss

    ResponderExcluir