sábado, 9 de julho de 2011

Traçando.

Traçando.

Com tristes notas
eu canto, a minh’alma
perdeu o encanto.
Pede-te a todo o momento
a beleza, do teu encontro para
poder continuar
mesmo triste...
Cantando.

Tu e que secas meus
prantos, envolve-me a
alma perdida.
Tua vida em minha vida
em sonhos beijo-te os pés como
flores para amenizar
minhas dores...
Andando.

E amar-te mais é
o meu desejo, saciar a
sede dos meus anseios.
Ilumina-me a noite
escura e fria...
Clareando.

Para falar-te
do milagre da vida
tenho que falar da morte
em mim escondida,
que tive que retomar na escrita.
No que exalo amor eu vou
renascendo....
Rimando.

Marisa Torres
©Direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário