domingo, 3 de julho de 2011

Quando vai entender?

Quando vai entender?

Que voar só
conseguirá quando
ouvir as canções que a ti dediquei?
Quando aprenderá que navegar
em outros corações será sempre em vão...
E que ancorar com paz só
no mar das delícias que a ti dei?
Quando vai aprender que amar é abraçar
sonhos...Esqueces-te o
que ensinei?

Quando aprenderá?
Que as flores só vão sorrir quando
 entenderes que no meu jardim
estão a de te esperar.
Quando entenderás que o orvalho que
molha os teus olhos
o meu corpo já veio banhar!
Ah... Faz favor o meu pranto
é amor e não fortaleza de dor.
Quando vai entender que és caule e eu flor?
Talvez quando o meu coração usar a
sabia força de fazer as malas. Oh não!
Quando entenderá que meu amor a chuva é só
uma razão que os céus te enviou para
chamar-te a atenção?

Quando entenderá que te amo?

Olha as rosas e elas
 responderão qual a imensidão.
Pergunte ao tempo a quanto
tempo não vejo o tempo passar.
Pergunte ao mel há quanto tempo na
minha boca se faz fel lambuzar.
E ao céu pergunte por que não preciso
olhar estrelas brilhar.

Quando vai aceitar...
Que és cravo e eu rosa plantados no coração.
Que a margarida só tem vida se um dos dois plantar...
O mundo só vem existir se tu fores casa e eu botão?


Marisa Torres
© Direitos r
eservados.

Photobucket

Nenhum comentário:

Postar um comentário