segunda-feira, 18 de julho de 2011

Pra você eu serei...

Pra você eu serei...

Teu jardim ou o campo...
De campo serei flor
 e de flor o encanto.
Serei o pouco ou o tanto...
E de tanto te amar.
“Encantar-te-ei.”
Deste amor eu serei ar...
Do teu mar sereia a cantar.
E a cantar viverei.

Sim eu serei.
A fada do amor...

  Ou teu conto de magia.

Serei plano e esperança
 no  teu rosto um dia.
A lágrima a brilhar
correndo na face com
 expressão de alegria.
Serei pétala de banho
soprando e explorando no
teu corpo andando.
Em noite de lua serei
predador com tamanho calor
pra saldar com frescor
a real fantasia.

E serei muito mais...
Serei eu a presença
se a saudade bater.
Se a dor apontar quando a
noite chegar far-me-ei de prazer.
Serei amuleto ou porção
poderosa com cheiro de rosa
a te proteger.
E de tanto te amar.
Sentirás enfim o cheiro de
jasmim que irás
manter-te acordado...
Trazendo-te a mim

Marisa Torres
© Direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário