terça-feira, 7 de junho de 2011

Em você me perdi.

Em você me perdi.

E em busca de

“mim” eu voei tão distante.
Como um pássaro perante
ou um mar diferente, mergulhei
neste abismo que me cerca de medos.
Entre galhos e folhas ouvi teus apelos.
E de asas quebradas cantei
meus segredos.

No teu olhar me perdi

qual uma Deusa virgem entreguei-me
aos teus feitiços indecentes e famintos.
Em teus carinhos eu me vi em meio
às plumagens caindo...
Em teus braços entreguei-me ao
amor em meio ao instintos sem
nenhum argumento.

Em você me

perdi em busca de paz...
E deixei contigo o meu sol de verão.
A suavidade da música de uma estação.
Meu cheiro, minha alma, em você eu perdi...
Neste palco voraz, confessei minha perdição. .
Que me cercam as crises “Aos céus”
A minha vida a ti entreguei sem medos.
Entre mantos e véus.

Em você me perdi...


Marisa Torres

©Direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário