quarta-feira, 25 de maio de 2011

Ah quem me dera.



Ah quem me dera.

Ser a estrela que tu vês...
A lua que tu tanto amas,
aprecias e admira demais.
Quem me dera ser o sol que te aqueces
queimando-te a pele, ser tudo que
ele oferece bronzear-te, ser a sombra
que te acompanha. Ah quem me dera...
Ser o mar que tanta força te dá.
As ondas para teu corpo banhar
Ser o sal do teu corpo a tua
pele a correr.

Quem me dera ser a
primavera que tanta alegria te dá
envolvendo-te com flores graciosas...
Cobrir-te com pétalas cor - de -rosa.
Ser brisa por ali passar.
Quem me dera em teus braços
encontrar a paz.
A felicidade e tranqüilidade
perdida.

Ah quem me dera...
Ter a capacidade de transformar
em palavras a grandiosidade do meu
amor e tua beleza em canção.
Está contigo na primavera inverno e verão.
Queria eu ser atendida em prece.
Pois clamo este amor ao amanhecer,
entardecer e anoitecer.
Ser um raio de esperança, pois só eu
consigo te ver.

Ah quem me dera...

Marisa Torres
© Direitos reservados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário