sábado, 2 de abril de 2011

Sim... Esperarei-te.

Sim... Esperarei-te.

Esperar-te-ei até
meus últimos limites
...Esperarei até quando não sei.
Que passe a tempestade no teu coração.
Quando cansares talvez
deste vasto mar de solidão.
Ou percebas que o céu está
em meus braços e que meu cheiro
guardo para ti como se guarda
todas rosas do mundo
 em vasos.
Sim te esperarei...

Alegre ou triste de
mau humor ou bem humorada.
Com a emoção de todos os versos
com harmonia do calor te todas poesias...
Esperar-te-ei, o tempo que for.
E te mostrarei... Que a luz infinita
 de todas as estrelas guardo-as nos olhos
 para oferece-te com paixão...
E no gosto das frutas que guardo
 nos lábios na mais pura
sedução.

Sim te esperarei e mostrarei

Que este amor tem
 o tamanho do universo.
O esplendor das flores, jardins,
pântanos e brejos.
O nome de todos os perfumes
 que a natureza concebeu.
Tua única fortaleza ou lugar
protegido se chama “EU”
Bem sabes tu que no meu peito tem é
uma pedra de quartzo azul.


Marisa Torres
© Direitos reservados.




Nenhum comentário:

Postar um comentário