sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Deseja-me.

Deseja-me.

Envolve-me a
alma com teus sentimentos.
Ouvi-me a respiração.
Lembra de mim ouvindo
uma simples canção.
Sente minha pele pedinte
de tuas mãos.
Sossega o pulsar do meu peito
 mesmo que  por
momentos.

Deseja-me e me
faz voar com teu simples olhar.
Vive comigo o sonho
da magia tirando-me o ar.
Faz-me pulsar as veias
e mostra-me que o amor
não tem idade e sim
cumplicidade.

Tira-me as
incertezas do peito...
E ao mostrar dita em cada
silaba palavras doces
me devolvendo a vida.
Arranca esta dor que
em mim parte a alma com
amor.

Desejando-me.

Marisa Torres
© Direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário