sábado, 19 de junho de 2010

És um mandado de Deus?




És um mandado de Deus?


Minha poesia parecia morrer.
Nem em Deus mais eu podia crer.
Chegou tão de repente falando de amor...
É difícil meu coração tão forte bater.
Acalmou-me a alma, aliviando-me
do peito a dor.

Vieste de onde
ressuscitando meus versos?
Mostrando-me que o céu ainda
brilha nas manhãs.
Reacendendo meus desejos com ternura
beijando-me a face com doçura.
Tal qual se cultiva as rosas conquistou-me
com um buquê de emoções.

Perfumou-me de
esperança numa saborosa infusão.
Chamando-me para voar 
e perder a razão...
És um mandado de Deus
que nos uniu nesta harmonia?
Ou mesmo o sol anunciando para o
mundo sua gloriosa
luz do dia.

Marisa Torres
@Direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário