sexta-feira, 18 de junho de 2010

A doença chamada “Amor”

A doença chamada “Amor”

Cada pequeno olá,
cada pequeno sorriso.
Traduz calma e alegria.
Cada pequena palavra é capaz
de salvar um coração apaixonado.
Há um milagre chamado “Amor”
Você não sabe como aconteceu
ou mesmo quando
começou.

Mas sabe a alegria que ele
traz quando duas almas 
se encontram.
”Aquele doce e louco Transpor.”
Nunca pensam em se deixar.
Muito menos se importam quem são.
São amantes que se dão.
São perdidos que se encontram
na loucura sem espera de cura.

Chama-se isto de doença...
Pois a moléstia me contaminou.
Sempre falo e repito que
este mau em mim nunca doeu.
Quando o vírus se aproxima.
To na frente e sempre digo...
Pode vir amor meu.
“Aqui estou”.

Marisa Torres
© Direitos reservados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário