domingo, 7 de junho de 2009


Sonhos de cristal.

Sonhos guardados com carinho,
lembranças de momentos lindos.
Sonhos revelados que permanecem.
Sonhos ocultos de amores bandidos,
invadidos e jamais se esquecidos.

Sonhos que se quebram com o tempo.
Ou como um cristal pego com aspereza.
Sonhos interrompidos ou arquivados.
Sonhos quebrados e jamais juntados,
mutilados e condenados.

Sonhos apenas sonhos.
Unem-se na igualdade da beleza.
Seja da paixão ou da franqueza.
Ainda é o que carregamos como criança.
Sonhos de cristais grandes sonhos.

Feliz é o sonhador...Eu sou.
Meus sonhos de cristais são loucos
Às vezes puros, às vezes “tortos”.
Quem não sonha já se uniu aos mortos.

Marisa Torres

© Todos os direitos reservados pelo autor

Nenhum comentário:

Postar um comentário